quinta-feira, 26 de março de 2009

ATIVOS REAIS, NIÓBIO, PLASMA, FUSÃO NUCLEAR, ENERGIA E... RORAIMA

Esta mensagem diz respeito a notícias que não são objeto da mídia em geral. Aparentemente há muito mais vida nos bastidores do que aquela que é revelada "nas História sobre o Caminho das Índias".
Grande parte dos movimentos que abalaram o mundo nos últimos 20 ou 30 anos vem sendo realizado graças a um enorme plano, arquitetado para dar solução a várias situações que foram criadas ao longo dos séculos XIX e XX, com o desenvolvimento de nações e blocos, na transferência de riqueza e poder, na ganância insuperável de alguns poucos e na contínua ecrescente necessidade de manutenção de um status insustentável pelo enorme consumo de energia e acumulação de riqueza.
Recentemente minha atenção foi despertada no fato da votação - pelo STF - na demarcação da Raposa Serra do Sol. Ainda mais que houve apenas um voto contrário; justamente do Ministro Marco Aurélio Melo. Por que apenas ele foi contra? Haveria algo além daquilo que estava sendo noticiado nos jornais? Tudo, nesse caso, é cercado de grandes mistérios...
Agora - ao que me parece - alguns fatos novos vem se juntar a esse quebra-cabeça. Falo da divulgação de fatos impressionantes, veículados no Blog Brasil Acima de Tudo, que traz um texto da Rebecca Santoro, no endereço: (http://brasilacimadetudo.lpchat.com/index.php?option=com_content&task=view&id=4544&Itemid=223)
Uma das razões é a construção de uma usina hidrelétrica na área da Reserva Raposa do Sol, que atenderia as necessidades "da comunidade índigena" quando vier a ser "transformada em nação livre e independente".
O nome da Hidrelétrica: CONTIGO é simpático, sem dúvida. Só não se sabe quem é que estará se "juntando à comunidade índigena". Ganha um doce quem advinhar...
A matéria contida no Blog apresenta várias informações relevantes, demonstrando que tudo isso faz parte de uma estratégia cuidadosamente elaborada, com a participação de atores poderosos e globais.
Um dos fatos que chama a atenção no texto é a informação sobre "Blackwater: A ascensão do exercito mercenário mais poderoso do mundo" sobre os quais localizei alguma informação no endereço: http://resistir.info/eua/jeremy_scahill_p.html
Quando ocorreram os fatos que marcaram a historia dos EUA em 2001, aliado à denúncia que havia sido feita alguns anos antes pelo indigenista Orlando Villas Boas sobre o plano que vinha sendo tramado na ONU, bem como a ascensão de Chaves, Lula e Evo Morales como presidentes de países com grande influência na questão da energia e da amazônia, minha mente me colocava em alerta. Nada contra esta ou aquela pessoa em particular. Apenas a certeza de que eles não poderiam estar à toa exercendo um tipo de poder "populista" nesses países, num mesmo momento...
É por essa razão, também, que uma enorme quantidade de criações de novas fontes alternativas e mais ecológicas para geração de energia estão sendo continuamente boicotadas. Se alguma delas vingar poderia colocar em risco o alto valor que será obtido, com uma fonte única, que estará na mão de um pequeno e seleto grupo. Para saber mais clique nos links acima indicados.
Que Deus nos ajude!