sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Um País Diferente

Você acredita que sejamos um País diferente dos outros?

Onde você vê as nossas diferenças mais relevantes?

Seria capaz de listar aquelas em que somos melhores?

E onde perdemos feio para os demais países? Você saberia listar nossas diferenças.

Hoje li alguns e-mails e tomei conhecimento de algumas notícias (infelizmente vieram sem fonte e não tive tempo, ainda de checá-las. Assim que fizer a checagem alterarei e me desculparei, se houver inverdades) que me assustaram, e muito. Veja algumas das manchetes que eu li:

 

·         Brasil vai ceder helicópteros militares à Bolívia - O governo Lula vai ceder quatro helicópteros militares à Bolívia para reforçar as ações de fiscalização e combate ao narcotráfico na fronteira. Segundo o Ministério da Defesa, as aeronaves, usadas, serão submetidas à revisão e entregues sem custo ao governo boliviano, que se encarregará da manutenção dos aparelhos

·         Supremo garante a dez deputados estaduais alagoanos o retorno ao mandato - O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, decidiu nesta quinta-feira suspender uma decisão monocrática do desembargador Antônio Sapucaia da Silva, do Tribunal de Justiça daquele estado, para reconduzir ao exercício de seus mandatos dez deputados estaduais de Alagoas, afastados desde março do ano passado.

·         Lula diz que Itália tem de respeitar decisão brasileira de conceder refúgio a Battisti - O presidente Lula disse nesta quinta-feira que a Itália tem de respeitar a decisão soberana do Ministério da Justiça de conceder refúgio ao terrorista italiano Cesare Battisti, ex-militante comunista condenado à prisão perpétua pelo assassinato de quatro pessoas na década de 70.

·         Marcos Valério deixa penitenciária de Tremembé - O empresário Marcos Valério Fernandes de Souza deixou, às 18h10 desta quinta-feira, a Penitenciária Dr. José Augusto Salgado (P-2 de Tremembé), no interior de São Paulo, onde estava preso desde outubro do ano passado.

 

Se somos um país fica provado, pelos temas acima, que falta muito para adquirirmos o conceito de Nação.

Não se trata – apenas – de adotarmos atitude contra ou a favor de agremiações partidárias. Trata-se, apenas, de começarmos a buscar as mudanças que desejamos para o País que queremos ter.