sexta-feira, 25 de março de 2011

Yes we have Brazil!

100 Dolares Uma das (muitas) questões que deve ter surpreendido analistas na recente viagem do Presidente Obama aos países da América do Sul e Central foi o fato dele estar acompanhado de toda família. Quando isso ocorre o fato é passado até meio escondido (talvez para que não haja cobranças de dinheiro público favorecendo familiares).

De qualquer forma isso mostra que o resultado alcançado, provavelmente, não foi aquele pretendido (ao menos para o Obama). A falta de seu discurso no Rio de Janeiro, por exemplo, deve ter perdido muito da força que poderia ser alcançada em sua imagem pessoal.

Afinal qual seria a intenção de Obama em sua viagem ao Brasil?

De acordo com o Professor Atilio Borón o interesse é a Amazônia. Realmente há muitos pontos importantes que a região pode oferecer ao mundo (menos ao Brasil, claro. Não temos liderança responsável, competente e honesta para podermos, sequer, pensar em melhorarmos a condição de vida de todos neste país).

Além da riqueza mineral (o nióbio é só uma pequena ponta, mesmo representando uma reserva de mais de 90% da existente no mundo) e hídrica, há que se considerar questões como energia e política (o Chaves tá por perto).

Tudo é uma grande pena, já que a alma de tantos é tão pequena (lembrando um pouco do grande poeta).

E, por falar em alma pequena, é importante registrar o fato de que o jornal “O Estado do Paraná” demitiu um cartunista por julgar inadequada a charge que o mesmo teria feito sobre a visita de Obama ao Brasil. Um ato dessa natureza apenas revela que estamos ainda muito distantes dessa tal de democracia, que vem sendo ‘gritada’ por tantos militantes de bandeira vermelha e sangue azul. Saiba mais dessa história lendo o artigo de Deonísio Silva, no Observatório da Imprensa.